sábado, 21 de abril de 2012

RESUMO DO ARTIGO - Mídia: o papel das novas tecnologias na sociedade do conhecimento - Jaqueline E. Schiavoni

       Para Manuel Castells durante os anos setenta ocorreu a coincidência histórica de acontecerem, em simultâneo, três processos independentes de mudança cuja ação conjunta motivou profundas alterações na nossa vida planetária: a revolução da tecnologia da informação e comunicação.
       Manuel Castels afirma que este conjunto de ações independentes induziu um processo de mudança que conduziu à transição da Sociedade Industrial para a Sociedade da Informação, que se identifica por: - A informação é a matéria-prima mais importante; -A penetração social das novas tecnologias da informação é elevada e crescente; - A existência de uma lógica de rede nodular;
        As tecnologias de informação e de comunicação originam novos hábitos de pensamento e de vida. Simultaneamente, oportunizam novas perspectivas para o ensino e de pesquisa, bem como para a promoção e a divulgação do saber.O crescente poder da tecnologia da informação e comunicação e possibilitou a criação de ambientes simulados.
       São novos universos denominados de virtuais, intermediários entre o real e o ficcional.O aspecto eventualmente mais interessante da realidade virtual é o da imersão, em que a pessoa tem a sensação de fazer parte do mundo virtual gerado pelo computador.
       A educação na cibercultura proporciona a superação do modelo da sala de aula tradicional, por um novo modelo de aprendizagem, onde as práticas educativas ultrapassam o ambiente da sala de aula e rompe as fronteiras do tempo e do espaço. Assim, listas eletrônicas, fóruns de discussão, comunidades e dispositivos de pesquisa na rede configuram-se caminhos – muitas vezes mais atrativos e eficazes que as aulas para a troca de informação e produção de conhecimento.
        Esses cenários educacionais devem conduzir a uma nova sociedade em que sejamos capazes de atender aos desafios propostos pela UNESCO de aprender a conhecer, aprender a fazer, aprender a viver juntos e aprender a ser (Relatório da Comissão Internacional sobre Educação para o Século XXI publicado pela UNESCO em 1996.
      As novas tecnologias associadas à Sociedade da Informação possibilitaram a difusão global de informação e comunicação. Essas novas tecnologias reuniram as características das antigas e as potencializaram. Por exemplo, a multimídia integra o texto, a imagem e o som e potencializa a sua mensagem. Nesse sentido, tecnologias como a televisão e o vídeo têm um potencial enorme no processo de ensino e aprendizagem e podem contribuir para a transformação da prática docente.
       Quanto a televisão e o vídeo constituem importantes recursos para a transmissão de informação e conhecimento, podendo assumir um papel importante na educação informal e formal. É importante que o professor esteja consciente do papel da utilização da televisão e do vídeo na sala de aula enquanto instrumento de transformação das práticas pedagógicas.
        A potencialidade da linguagem da TV e do Vídeo enquadra-se como “audiovisual didático”, e possibilita ao professor novas formas de ensinar e aprender. Por ter grande utilidade, merece incentivo para ser utilizado. Através da TV e do vídeo apropriamos das manifestações culturais, de linguagens, de conhecimentos diversos capazes de estimular o ser humano a compreender melhor a vida de si próprio e a do seu semelhante.
         A televisão não pode ser usada na sala de aula somente com a intenção de ilustrar o que é considerado insuficiente no material didático. A proposta é que a televisão funcione como fonte de conteúdo escolar, gerando questões a discutir e problematizando o cotidiano e não simples suporte para conteúdo escolar, ilustrando o que professor abordou de forma “tradicional”.
         Enfim, todas as interfaces da internet possuem suas potencialidades, o professor precisa conhecer cada uma para poder aplicar em sala de aula. A utilização de ferramentas como o fórum de discussão é um meio de abrir as portas da sala de aula para o mundo real através do virtual.
        A publicação na Internet por exemplo, é uma prática que está diretamente ligada ao conhecimento que fundamenta nas relações cotidianas. E é essencial para a escola que visa promover a aprendizagem do aluno no sentido do processo de ensinar e aprender. As páginas na Internet e os blogs têm a capacidade de potenciar a ligação entre a escola e a comunidade e divulgar boas práticas e experiências.

0 comentários:

Postar um comentário

Template by:

Free Blog Templates